Novos Imigrantes
Escreva subtítulo aqui

NOVOS IMIGRANTES

IMIGRANTES POLONESES

Os primeiros imigrantes poloneses chegaram ao Brasil em 1869 e se estabeleceram em Brusque, Santa Catarina.

Ao chegarem ao país, os poloneses desembarcavam no Rio de Janeiro e, de lá, eram enviados, em pequenos grupos, para Santos, Paranaguá e Porto Alegre.

O governo exigia dos imigrantes poloneses que fossem pobres, católicos e casados.

Em sua grande maioria, eram agricultores, mas havia artesãos e tecelões. Os artesãos preferiram as cidades aos núcleos coloniais. Os agricultores receberam seus lotes na região do Planalto do Rio Grande do Sul.

O maior fluxo imigratório polonês foi de 1890 a 1894, sendo enviados para a região do Alto Uruguai.

Nas comunidades polonesas, as principais autoridades eram o padre e o professor. Povo alegre, logo que se estabeleciam em suas comunidades, os poloneses já criavam a banda e a orquestra. Os pais escolhiam para os filhos os nomes de santos; não festejavam o aniversário, e sim o dia do santo. Pelo Natal faziam uma representação da história do Rei Herodes, similar ao Terno de Reis, dos portugueses.

IMIGRANTES JUDEUS

Os primeiros imigrantes judeus chegaram no Rio Grande do Sul já no século XIX, com os alemães. Em 1904 chegaram os primeiros, que se estabeleceram perto de Santa Maria. Lá receberam lotes de terra, moradia, dois bois, duas vacas, cavalo e dinheiro até a primeira colheita. As crianças aprenderam português nas escolas, com outras crianças rio-grandenses. Saldadas suas dívidas, os judeus mudaram-se para Santa Maria, preferindo radicar-se em zona urbana.

Mais tarde novos imigrantes judeus aqui chegaram, morando, nos primeiros anos, em núcleos coloniais, deslocando-se, mais tarde, para os centros urbanos, onde se fixaram como comerciantes. A segunda geração procurou outras profissões, como médico, engenheiro, professor, advogado e arquiteto. Radicaram-se em cidades como Santa Maria, Erechim, Passo Fundo e Porto Alegre.

IMIGRANTES JAPONESES

Os primeiros imigrantes japoneses que chegaram ao Rio Grande do Sul vieram de São Paulo. Mais tarde, vieram novos imigrantes japoneses diretamente do Japão, entre 1955 e 1963.

Os imigrantes japoneses dedicaram-se ao cultivo de frutas, verduras, legumes e flores, espalhando-se pelo nosso estado, trabalhando sempre em família. Trouxeram para o Rio Grande do Sul a macrobiótica e as artes marciais.

Índice