Rio Grande de São Pedro


Professora Ana Luiza Jaskulski

nasceu no dia 8 de Setembro de 1949 na cidade de Canoas, RS e foi registrada como Ana Luiza Krás Borges Willimbring. É filha de Diva Krás Borges Willimbring, descendente de imigrantes alemães localizados na região de Torres e Rudi Willimbring, descendente de imigrantes alemães localizados na região de Gramado.

Era muito pequena quando sua família se mudou para o bairro Tristeza, na zona sul de Porto Alegre. Morou na esquina da Avenida Wenceslau Escobar com a Rua Otto Niemeyer. Nesta época, ainda pequena, costumava fugir para visitar seu pai no trabalho. Rudi exercia o ofício de torneiro mecânico, na oficina de ônibus municipal perto de sua casa. Ana Luiza gostava muito de brincadeiras de rua com amigos vizinhos. Subia em árvores, jogava taco e andava de bicicleta no chão batido da Rua Otto Niemeyer e circunvias. Joelhos sempre marcados. A mãe, Dona Diva, reclamava que parecia um guri de rua. Era conhecida por todos como Tita, seu apelido de infância que a acompanha pela vida.

Nos verões costumava passar as férias em Torres com os pais, ficando na casa de parentes de sua mãe, aproveitando o convívio com os primos e primas. Gostava tanto da praia que dizia que era natural de Torres.

Quando Ana Luiza tinha nove anos de idade, sua mãe deu a luz a sua única irmã, Lorena, conhecida também por Neca. A família Krás Broges Willimbring estava assim completa.

Ana Luiza estudou na Escola Estadual de Primeiro Grau Três de Outubro, em frente a sua casa e após fez o magistério na Escola Estadual Normal 1º de Maio, no bairro Navegantes.

Em um certo baile conheceu um rapaz chamado Darvin Jaskulski. Ele era neto de imigrantes Poloneses estabelecidos na região das missões do RS. Tinha vindo da cidade de São Luiz Gonzaga para estudar e trabalhar em Porto Alegre. Namoraram, noivaram e casaram. Desta união vieram três filhos: Leandro, Leonardo e Lucas.

Durante muito tempo lecionou na Escola Estadual de Primeiro Grau Osório Duque Estrada, onde concretizou este projeto de pesquisa sobre a história de seu estado.

A família Krás Borges Willimbring foi crescendo ao longo do tempo. Primeiro acolhendo em Porto Alegre o sobrinho afilhado Daniel, que veio de Alegrete para cursar a faculdade. Após, a família foi aumentando com casamento dos filhos, do afilhado e o surgimento da nova geração, com a neta Bibiana, o sobrinho neto Henrique e o neto Noah (revisão 2018).

E ao longo dos anos, Ana Luiza sempre viveu no bairro Tristeza e veraneou em Torres. Só que agora na casa da família, na Praia da Cal. Localizada no terreno comprado por sua mãe, que sonhava em voltar a morar próximo a suas raízes, como o fez anos antes de vir a falecer.

Esta publicação é uma homenagem dos filhos e família a Ana Luiza Jaskulski, em seu aniversário de 67 anos, comemorados no dia 8 de Setembro de 2016.